JORNAL ZERO HORA ACADELOU-SE! SUA REDAÇÃO FOI TOMADA POR KAMIKASES DOISIS”…

O Cristalvox tem 11 meses. Chega a 16 milhões de leituras no final de janeiro e vai receber 11 milhões de visitas únicas com mais de 6.000 comentários. Nesse período foi alvo de apenas duas reprimendas. A primeira, dos familiares de AUTISTAS que se incomodaram a comparação com o governador Sartori. Tinham toda a razão: o passar dos meses mostrou isso! A segunda, tem uma semana, foi do deputado federal Nelson Marchezan que incomodado com um post no qual  o editor contou que ele gasta da sua verba de gabinete, desde janeiro de 2012, continuamente, R$ 4.300 com a locação de um automóvel fusion e que já levou 100 multas de trânsito nesse período. – 2012 a 2016. Pediu a retirada do post com a ameaça de processo judicial. Permanecem no ar as informações, só que recheadas pela verdade…

O editor confessa: Já passavam 02 meses que não comprava a Zero Hora. Um pecado, confesso, por não ler a Rosane  e o Davi. Porém, o “asco” se deu em razão de não suportar o texto burro e redundante da Carolina Bahia – aquela que usa um casaquinho vermelho com uma estrela na lapela e propaga palestrinhas de economia no interior -,   e a contínua cantilena do Moisés Mendes que vive a atacar quem é de direita. Fica claro que no primeiro caso se trata de “desinformação e sem noção”, mas no segundo, apenas “vociferações” de um comunista recalcado.

Hoje, 22 de janeiro, “o Moisés” se supera. Sua coluna é um amontoado de bobagens, quase beirando o insano. Investe, de forma subliminar contra quem escreve e transita nas redes sociais. Por sinal, mecanismos públicos e irreversíveis que obrigaram seus patrões a “inventar” uma edição noturna para que seu jornal não fizesse aniversário de um ano a cada 24 horas. Esta besta quadrada, que certamente, como defende, vai me processar. Faço a inversão do que afirma – processo por opinião é coisa de esquerdopata que não tem argumentos para discutir o óbvio, igual a Chico Buarque “o cuspidor”. Aquele “habitue” de bares e cafés parisienses na ditadura. Aquele que só conseguiu ser artista com a desculpa de estar “oprimido”. Com a democracia recomposta, ao menos na avaliação do editor do cristal, Chico passou da condição de”oprimido” para “deprimido”,  necessitando uma dose cavalar de tarjas-preta para dormir, o que embotou sua inteligência se é que um dia existiu…

A raiva “exalada” pelo jornalista Moisés Mendes contra quem pensa de forma diversa a seus esquerdismo/socialismo/comunismo é deprimente. Contraria tudo aquilo que eu já ouvi ele dizer na rádio gaúcha sobre o posicionamento social do jornalista.  Sobre a responsabilidade de quem tem o dever de informar de forma independente e isenta… O que se observa é que não estamos diante de um jornalista coisa nenhuma e sim de um MILITANTE, CHAPA-BRANCA, ESQUEDISTA RECALCADO com o fracasso político retumbante do PT… Demonstra em cada linha de seus entediantes textos,  estar MORDIDO pelo comportamento criminoso dos seus ídolos, uns presos e outros prestes a se hospedar no Grande Hotel Moro em São José dos Pinhais.

Uma redação tomada por kamikases do ISIS não consegue  e não conseguirá elaborar e entregar um produto de qualidade para seus leitores, principalmente àqueles que pagam para ler o jornal editado pelo grupo RBS. Alguém muiiiiiiittttttooo incomodado com o Moisés  poderá recorrer ao código de defesa do consumidor por estar sendo induzido em erro, diante, por exemplo, da coluna de Mendes, desta sexta-feira, 22, -. A figura de linguagem sobre “os kamikases do Isis”  que felizmente são raros na Ipiranga,  mas tal qual os terroristas árabes que usam armas de fogo, aqui se valem da caneta ao invés do AK 47 … Tentam fazer MEDO, carinha feia, “fosquinha” a todo mundo…

ALTO LÁ  seu MOISÉS MENDES: O editor do Cristalvox pode ser um analfabeto funcional como gostas de rotular teus “contrários”. Porém, saibas que nós – direita, direita liberal, democratas  – e todos os brasileiros que não se embriagaram e não se embriagam com as propostas e  discursos envelhecidos e ultrapassados dos teus companheiros comunistas,  estamos atentos. Não temos medo de “GRITINHOS HISTÉRICOS”.  Ao contrário, estamos todos preparados para reconquistar o que perdemos com gente da “laia” da tua turma: O RESPEITO PELO BRASIL!

convite-facebook