QUE GENTE SUJA! CRIADOR DO MAIS MÉDICOS FOI CHAFURDADO PELA POLICIA FEDERAL NA MANHÃ DESTA QUARTA EM RECIFE

Mozart Sales, um dos alvos de uma operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira que investiga desvio de recursos na Hemobrás, foi um dos idealizadores do Mais Médicos, um dos estandartes da campanha de Dilma Rousseff à reeleição.

Atingiu tamanho prestígio junto à presidente pelo trabalho para colocar o programa de pé, como resposta às manifestações de junho de 2013, que foi cotado para assumir o Ministério da Saúde quando Alexandre Padilha deixou o posto para ser candidato ao governo de São Paulo, em 2014.

Preterido pela presidente, que na reta final optou por Arthur Chioro, Mozart preferiu deixar a secretaria de Gestão do ministério para se candidatar a deputado federal pelo PT de Pernambuco.

Não foi eleito e, como compensação, foi nomeado presidente da Hemobrás, a estatal responsável por pesquisa e produção de medicamentos derivados de sangue criada no governo Lula. –  Radar, VEJA!

convite-facebook