LAVA JATOMPF CRIA FORÇA TAREFA PARA ATUAR NO SUPREMO

O Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou, nesta sexta-feira (4/12), a criação de uma força-tarefa de procuradores para atuar nos processos da Lava Jato que tramitam no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A informação está publicada no Jota.Info e é assinada por  Bábara Pombo.

Cinco procuradores federais acompanharão os processos e habeas corpus de réus da Operação que apura desvios de recursos públicos a partir de contratos com a Petrobras e outros órgãos públicos.

A criação da força-tarefa no STJ segue o modelo adotado pelo MPF como estratégia de atuação na Lava Jato. Desde abril, 12 procuradores atuam no caso junto a Justiça Federal em Curitiba. Em conjunto com o Ministério Público do Distrito Federal, a procuradoria também atua em força-tarefa no Supremo Tribunal Federal.

A ideia de formação de um grupo de procuradores voltados integralmente para os casos da Lava Jato no STJ partiu da Câmara de Combate à Corrupção do MPF, e foi referendada nesta manhã pelo Conselho Superior do órgão, presidido pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Veja os nomes dos subprocuradores que atuarão na força-tarefa:

Francisco de Assis Vieira Sanseverino

Áurea Maria Etelvina Nogueira Lustosa Pierre

José Adonis Callou de Araújo Sá

Maria Hilda Masiaj Pinto

Mário José Gisi