SARTORI NÃO TEM EMAIL?

O Governador José Ivo Sartori viajou na tarde da sexta, dia 31 de julho, para Curitiba a fim de participar da formatura de um “aparentado”. Antes, as onze, sua equipe econômica-politica e de comunicação se desdobrava para explicar o inexplicável: corte e parcelamento de salários. Mas qual a novidade nisso? NENHUMA!

Justiça seja feita para com o  Cristalvox.  Tem 04 meses que adiantou que o governo iria parcelar salários do executivo em três etapas. Foi desmentido e virou alvo de chacota no grupo duro do governo.

Mas é  bom  que se observe o discurso dos assessores que cuidavam do marketing na campanha de José Ivo Sartori.  Os que estavam com ele antes da eleição e que estão com ele agora na sua equipe de comunicação. Se “gabavam” de que o “gringo” não tinha  e não tem email. – Isso é tão trágico que merecerá outra análise aqui no Cristalvox.  Afirmavam que Sartori não sabia  e não sabe navegar nas redes.  E é bom avisar que ele pode comprar “piso” na Tumellero,  pela internt.

Perderam eles todos – equipe e o candidato agora Governador Sartori –  uma oportunidade de ouro de mostrar que o Rio Grande acolhe o TecnoPUC e o TecnoSinos, referência e laboratório na área de tecnologia para o mundo.

Se tivessem ali, “domesticado” o Governador e INFORMADO que o mundo já conversa e se utiliza  dessa “máquina louca” chamada computador, certamente Sartori estaria vivendo dias melhores. Ficaria informado, e de forma autônoma acessaria ao que o mundo produz em termos de informação instantânea e aos anseios dos seus governados.

Nesse final de semana, a prova cabal da “barbeiragem” da equipe de Sartori nas rede.  Qualquer neófito em comunicação sabe qual o horário do  fechamento dos jornais e pautas da manhã seguinte. Uma nota oficial do governo, publicada às 23h20min do domingo é a prova de que “os pilotos” não conhecem a aeronave que estão a conduzir. Que o amadorismo tem de ser imediatamente substituído pelo profissionalismo.

O ENGRAÇADO é que o “neófito” do computador e das redes vem  se utilizando desses mesmos dispositivos para postar vídeos com mensagens dirigidas ao povo do Rio Grande. O resultado é um retumbante fracasso. O Governo ainda não conhece os canais usados pelos profissionais da rede para distribuir a informação. Agem de forma empírica, sob demanda. O exemplo é que a mensagem tardia do dia 31 de julho foi vista no canal do you tube por apenas 20 mil internautas. No facebook,  por menos de 150 mil.

Para um Estado que possui mais de 7 milhões de computadores pessoais é um fracasso a comunicação digital de governo.

Alguma coisa está muito errada no entorno de Sartori.

convite-facebook