DIRCEUCOITADINHO! É BODE EXPIATÓRIODO PT

O advogado Roberto Podval que defende José Dirce, afirmou nesta segunda que: DIRCEU É APENAS UM “BODE EXPIATÓRIO”.

Muito bem! Os brasileiros querem e precisam saber quem era o seu chefe.  Ele, Dirceu –  chamado por seus “protetores”,  de “guerreiro do povo brasileiro”, aqueles babacas que juntaram mais de 1 milhão de reais para pagar a multa imposta no mensalão( Dirceu tinha 40 na conta)…   tem a oportunidade de fazer as pazes com a Pátria Brasileira. CONTAR TUDO QUE SABE PARA MORRER EM PAZ  e  não envergonhar ainda mais a sua filha mulher que tem 05 anos.

Reinaldo Azevedo, retomando a consciência, pois passou um período fora da casinha, escreve hoje:

“O PT constituiu um estado dentro do estado. O PT criou um governo dentro do governo. O PT governou um outro Brasil dentro do Brasil. O PT expropriou a população dos bens do seu país. O PT usou a democracia para tentar solapá-la.

É evidente que a coisa toda assume uma perspectiva que chega a ser apavorante. A promiscuidade entre políticos, empreiteiros, lobistas e toda sorte de intermediários passou por uma devassa na Petrobras e talvez seja esmiuçada na Eletrobras, mas cabe a pergunta óbvia: há alguma razão objetiva para que as coisas tenham se dado de maneira diversa nas demais áreas do governo? A resposta é, obviamente, negativa. Se as personagens eram as mesmas, se os mesmos eram os métodos, e se também não variava a forma de ocupação dos cargos públicos, por que haveria de ser diferente?

Nada escapou do governo paralelo. Milton Pascowitch, por exemplo, que fez delação premiada, afirmou à Justiça ter entregado na sede do PT, em São Paulo, R$ 10,532 milhões de propina em dinheiro vivo. Desse total, R$ 10 milhões seriam relativos a um contrato da Engevix com a Petrobras para construir cascos de oito plataformas do pré-sal. Os outros R$ 532 mil seriam parte da propina em razão do contrato da empreiteira com o governo para as obras de Belo Monte.”

Nota do editor: o português é duro!

A palavra espiar se refere ao ato de observar de forma atenta e secreta. A palavra expiar se refere ao ato de redimir seus atos, de pagar por seus pecados.

convite-facebook