O DESABAFO DE UM JORNALISTA!

Por Gerson Brisolara

GERSON

No ano passado, eu fiz o concurso da Fundação Piratini para o provimento de 12 vagas para o cargo de Repórter de TV/Rádio. Esta semana fiquei sabendo que o jornalista Farid Germano Filho – que também prestou o mesmo concurso – estreou no telejornalismo da TVE/RS. Pela proximidade das iniciais dos nossos nomes, fizemos a prova na mesma sala, em um dos prédios da PUC. Pela classificação universal, fiquei em 30º lugar e o Farid, na 197ª colocação. Só para deixar bem claro, eu conheço há muitos anos o trabalho do Farid e sei que ele sempre demonstra muita competência nas emissoras em que trabalhou. Mas ele teve uma péssima colocação no concurso. Fato. No entanto, eu e as outras 178 pessoas que se classificaram na frente dele (fora os 12 candidatos que já preencheram as vagas) sequer foram chamadas… Trata-se de uma tremenda furada de fila. O governo que tomou posse em janeiro deste ano cancelou as nomeações do concurso por decreto. Entrou como CC? E o discurso de austeridade? Penso que se o Faridinho não tivesse feito a prova, não ficaria uma situação tão chata…

convite-facebook