A GRÁFICA DA DILMA, DE NOVO, NA PRIMEIRA PÁGINA! GILMAR MENDES QUER PROVAS DO SERVIÇOOLHA O IMPEACHMENT  GENTE!

Mônica Bérgamo e Políbio Braga

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal) está enviando ofício a diversos órgãos para que investiguem depósitos de R$ 22,9 milhões feitos pela campanha de Dilma Rousseff à gráfica VTPB Ltda em 2014.

Na CCJ, Gilmar Mendes defende autonomia dos Poderes

dilma-caricatura2-750x400

A informação é da jornalista Mônica Bérgamo, Folha de hoje.

Entenda melhor o caso, segundo a própria jornalista:

PORTA DE ENTRADA

A empresa fica num endereço desativado. Mendes, que foi relator das contas de Dilma no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), notificou a Procuradoria-Geral Eleitoral, o Coaf, órgão de inteligência financeira do Ministério da Fazenda, e a Receita Federal.

PORTA DE SAÍDA

Os proprietários afirmam que o endereço é formal, usado para comprar matéria prima e pagar encargos. E que os serviços foram prestados à campanha em representação e parceria com outras empresas do setor gráfico. A VTPB já teve como clientes também PMDB e PSDB.

Na edição de hoje do blog O Antagonista, Mário Sabino também aborda o assunto, ,dizendo que agora Beckembauer Rivelino, o dono da VTPB terá de demonstrar a Gilmar Mendes que os 22,9 milhões de reais que entraram em sua conta, depositados pelo tesoureiro de Dilma Rousseff, Edinho Silva, realmente foram gastos para comprar matéria prima e imprimir material de campanha.

Beckembauer Rivelino é irmão do jornalista Kennedy Alencar, profissional geralmente alinhado com o governo e com o PT.